História do Sorvete

Foi em 1292 que o sorvete começou a tomar a forma daquele que conhecemos hoje, quando Marco Pólo (1254 - 1324), o famoso marinheiro e comerciante de Veneza voltou ao seu País depois de uma viagem à China cheio de 'novidades': o arroz, o macarrão e o sorvete feito com leite.

Conta Marco Pólo em seu riquíssimo relato que os imperadores chineses costumavam deliciar-se com uma mistura gelada à base de farinha de arroz açucarada e leite.

A partir daí, o sorvete começou a ser muito consumido em toda a Itália e até hoje o sorvete italiano é reconhecido como um dos melhores do mundo. Por lá, em qualquer lugar pode-se encontrar uma gelateria, ou seja, uma sorveteria. Em italiano, sorvete se fala gelato.

Na Itália, o consumo do sorvete espalhou-se por toda a Europa, até que os ingleses o levaram para os Estados Unidos. Lá, a história dos sorvetes ganhou importantes capítulos...

Mas foi nos Estados Unidos que o produto se popularizou: a primeira sorveteria foi instalada em Baltimore, em 1851, tornando-se um sucesso, abrindo o caminho para a produção industrial do alimento.

No Brasil também chegou no século retrasado e consta que era uma das sobremesas preferidas de D.Pedro II


O sorvete também é um alimento?

O sorvete é um alimento com muitas qualidades e pode ser consumido pela imensa maioria das pessoas. Sorvete é delicioso em qualquer época do ano, mas é durante os meses de calor que mais aproveitamos essa delícia refrescante!

Além de ser uma ótima opção para sobremesas, o sorvete tem a grande vantagem de ser um alimento energético, ótimo para repor a energia gasta pelas crianças, principalmente no verão, época em que ficam mais livres para atividades como correr e nadar, por exemplo. Mas não são só as crianças que adoram sorvetes, todos nós podemos nos beneficiar deste alimento tão gostoso e geladinho.

O sorvete de massa contém nutrientes importantes como proteínas, vitaminas A, D, E, K e do Complexo B, além de Cálcio, importantes para o crescimento e desenvolvimento infantil e a manutenção da saúde óssea de pessoas adultas e idosas.

Se você também é louco por sorvetes, não deixe de conferir as dicas abaixo para saber como aproveitar ao máximo suas qualidades nutritivas, sem aumentar os ponteiros da balança!

Essa maravilhosa tentação pode ser consumida de diversas maneiras, inclusive sozinho, nas várias apresentações que a Trivialy oferece a você. Mas se desejar, você pode incrementá-lo de maneira leve e saudável.

Confira:

Bom Apetite!

Renata A. Severo / Nutricionista
CRN2 – n º 6393
Nutrientes Consultoria de Alimentos
www.nutrientesconsultoria.com.br


Dia do sorvete

Refrescante, saboroso, tentador, o sorvete é uma das guloseimas preferidas das crianças e adultos, principalmente nos dias de forte calor. O que talvez muita gente não saiba é que o popular doce também é um alimento nutritivo e que desde 2002 ganhou uma data especial no calendário: 23 de setembro, início da Primavera é o Dia do Sorvete. A data, instituída pela ABIS – Associação Brasileira das Indústrias de Sorvete, é comemorada justamente para marcar o início das temperaturas mais quentes do ano no país, época que normalmente é acentuado o consumo de sorvetes.

Os fabricantes querem modificar a mentalidade do brasileiro, que associa o produto à época de calor. O consumo nacional per capita é de 3,5 litros/ano, baixo se comparado aos países nórdicos, de clima frio, onde se chupa sorvete o ano inteiro e o consumo gira em torno de 20 litros por pessoa.